QUEDA DE CABELO NA QUARENTENA: O QUE PODE SER?

QUEDA DE CABELO NA QUARENTENA: O QUE PODE SER?

QUEDA DE CABELO NA QUARENTENA: O QUE PODE SER? 


Você tem notado que o seu cabelo tem caído mais durante a quarentena? Essa foi uma das reclamações que mais cresceram nas consultas durante esse período de isolamento social. Muitas pacientes estão com a percepção de que os fios estão caindo num volume maior do que o normal. E é verdade que durante a pandemia estamos vivenciando uma série de fatores que podem afetar a saúde do couro cabeludo e essa condição pode estar relacionada com o momento em que estamos vivendo, onde o estresse e a ansiedade estão mais presentes e se tornam fatores que influenciam o aumento desse problema. 


Eu sempre ressalto que toda mudança brusca na rotina pode afetar uma série de fatores, como a PELE e CABELO. Mas se o quadro persistir por um longo tempo ou começar a impactar no volume total dos fios, é preciso procurar a ajuda de um profissional especializado. 


➜ QUARENTENA: QUAL A RELAÇÃO COM A QUEDA DE CABELO?

Com a quarentena, a quebra da rotina, principalmente de cuidados com o cabelo, pode ser também um dos motivos para aumentar a queda dos fios. Além disso, como as pessoas estão mais em casa, amarrar o cabelo se tornou mais comum, passar as mãos neles também, assim como deixar um intervalo maior nas lavagens, por exemplo. O que acontece é que o ato de prender o cabelo cria uma pressão, que traciona os fios para trás, desprendendo-o mecanicamente do couro cabeludo. E demorar mais para lavar os fios faz com que haja um acúmulo de oleosidade e, até descamação, consequentemente, também provocando uma queda maior.


➜ COMO EVITAR A QUEDA EXCESSIVA? 

O ideal é lavar o couro cabelo todos os dias ou um dia sim e outro não para evitar a oleosidade. Não deixar o cabelo preso o tempo todo, não dormir de cabelo molhado, tentar diminuir o estresse e a ansiedade nesse período com exercícios e outras atividades relaxantes, além de melhorar a alimentação são algumas dicas que podem diminuir a queda capilar. 


Além disso, se você começar a notar que essa queda está aumentando muito, é essencial procurar um profissional para encontrar o motivo dessa queda excessiva e para fazer um tratamento adequado para o seu caso.


 ➜ O QUE FAZER PARA QUE O CABELO CRESÇA DE NOVO?

Antes de tomar qualquer atitude, o mais importante é procurar um dermatologista para fazer uma avaliação sobre essa queda de cabelo. Normalmente, essa análise deve ser feita a partir dos seguintes pontos:


Exame de Sangue: para saber se existe alguma deficiência de vitaminas, em especial da  Vitamina D. Pesquisar outros fatores como ferro e a reserva dele no corpo pode ajudar.


Observação dos Fios: essa checagem deve ser feita pelo especialista, na consulta. Pode esclarecer se existe alguma doença específica do próprio fio ou do couro cabeludo, ou doença sistêmica que esteja ajudando neste processo.


Como você costuma lavar o cabelo? Quando não higienizamos a cabeça de forma regular ou lavamos com shampoos que não limpam de forma adequada, podemos desenvolver uma inflamação crônica e este processo pode desencadear a queda dos fios.


Portanto, cuide do seu couro cabeludo e se perceber uma queda maior que o normal, procure um médico. Quanto antes tratamos a alopécia, melhores são os resultados. Lembre-se disso!

Veja também

Entre em Contato Conosco

[email protected] |
Rua Fidêncio Ramos 160, 8º andar | Vila Olímpia – São Paulo – SP

Entre em Contato pelo WhatsApp